Lisboa em 41º lugar no ‘raking’ da qualidade de vida

Viena, na Áustria, é a cidade com mais qualidade de vida, segundo um estudo da consultora Mercer.

Viena, na Áustria, é a cidade com maior qualidade de vida do mundo, segundo um estudo divulgado hoje, que qualifica Lisboa na 41ª posição global quanto às condições em que vivem os seus habitantes.

O estudo “Quality of Living 2011”, realizado pela consultora Mercer, analisou a qualidade de vida em 221 cidades, tendo Nova Iorque como termo de comparação, e concluiu que a cidade de Viena (Áustria) é a cidade com maior qualidade de vida do mundo.

Lisboa, a única cidade portuguesa analisada, encontra-se 41º no ranking global de qualidade de vida.

As cidades alemãs e suíças dominam o topo da classificação numa lista onde as cidades europeias ocupam mais de metade dos primeiros 25 lugares.

Além de Viena, estão nos primeiros 10 lugares Zurique (Suíça – 2.º lugar), Munique (Alemanha – 4.º), Dusseldorf (Alemanha – 5.º), Frankfurt (Alemanha – 7.º), Genebra (Suíça – 8.º). Berna (Suíça) e Copenhaga (Dinamarca) ocupam em conjunto a 9.ª posição.

Auckland (em 3.º), na Nova Zelândia, e Vancouver (em 5.º), no Canadá, completam os 10 primeiros lugares da lista.

Em termos globais, Paris encontra-se na 30ª posição, Londres na 38ª, Madrid na 43ª e Roma na 52ª.

As cidades dos Estados Unidos com a classificação mais elevada ao nível da qualidade de vida são Honolulu (29ª) e São Francisco (30ª).

As cidades brasileiras de Brasília, do Rio de Janeiro e de São Paulo ficaram em 101.º, 114.º e 116.º lugares, respectivamente.

Maputo, em Moçambique, é o número181 do ranking e Luanda, em Angola, é a 194.

Este ano, além das cidades com maior classificação de qualidade de vida, o estudo identifica as cidades ao nível da segurança pessoal, tendo por base critérios como estabilidade interna, níveis de criminalidade, eficácia da política de segurança e das relações internacionais do país.

A cidade do Luxemburgo encontra-se em primeiro lugar na classificação em matéria de segurança pessoal, seguida de Berna (Suíça), Helsínquia (Finlândia) e Zurique (Suíça), todas em segundo lugar.

Viena (5) está à frente de Genebra e Estocolmo, Suécia (6).

Singapura é a oitava cidade mais segura e Auckland e Wellington, ambas na Nova Zelândia, estão ex-aequo em 9.º.

Ao nível de segurança pessoal, Lisboa está na 47ª posição, Maputo na 135ª, Brasília na 131ª, Luanda na163ª, Rio de Janeiro na 172ª e São Paulo na 178ª.

Bagdade ocupa a pior posição, sendo considerada a cidade com pior qualidade de vida e a menos segura do mundo.

As outras cidades que ocupam o fundo da tabela quanto à qualidade de vida são Cartum, no Sudão (217), Port-au-Prince, no Haiti (218), N’Djamena, no Chade (219), e Bangui, na República Centro-Africana (220).

Segundo a Mercer, o estudo pretende “ajudar os Governos e empresas multinacionais a remunerarem os colaboradores de forma justa quando são destacados para projectos internacionais, através de informação de relevo e recomendações sobre os subsídios que deverão ser equacionados para garantir a mesma qualidade de vida nas cidades de destino”.

As condições de vida nas cidades são analisadas anualmente tendo em conta 39 critérios, agrupados em 10 categorias, que tem em conta, nomeadamente, o ambiente social, económico e político, factores médicos e sanitários, escola e educação, serviços públicos e transportes, entretenimento, bens de consumo, habitação e o clima.

Fonte:http://economico.sapo.pt/noticias/lisboa-em-41-lugar-no-raking-da-qualidade-de-vida_132537.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: